Os benefícios dos óleos essenciais

Os benefícios dos óleos essenciais

Os óleos essenciais têm ganhado cada vez mais espaço nas áreas da saúde, principalmente farmacêutica e cosmética. Eles são substâncias voláteis e de alta concentração, produzidos a partir de diferentes partes das plantas, como flores, frutos, sementes, caules, raízes, etc.

Especialistas em saúde integrativa que compõem os quadros da Universidade da Califórnia afirmam que os óleos essenciais, como o próprio nome diz, carregam a essência das plantas e cada uma delas possui uma composição química própria que torna seu aroma, absorção e efeitos únicos.

São esses líquidos que oferecem proteção contra ataques de pragas e insetos, além de contribuírem para a polinização.

Os óleos essenciais são bastante complexos, podendo reunir centenas de substâncias. Tais compostos são objeto de estudo de diferentes áreas do conhecimento e mais de 3 mil deles já foram catalogados. Eles possuem relevante importância, pois são a matéria-prima de diferentes produtos farmacêuticos, alimentícios e cosméticos.

Sendo assim, eles podem ser utilizados como flavorizantes e corantes de alimentos, na fabricação de medicamentos e como recurso terapêutico na aromaterapia.

Existem pesquisas encabeçadas pela Universidade Estadual de Campinas que estudam as propriedades antimicrobianas dos óleos essenciais. Como explica uma das pesquisadoras, os estudos tiveram início por causa da resistência de determinadas bactérias aos antibióticos já conhecidos.

Como resultado da pesquisa foi criada uma micropartícula voltada para a suinocultura, capaz de estimular o crescimento dos animais e protegê-los de doenças bacterianas.

Óleos essenciais e aromaterapia

A aromaterapia é um método terapêutico que emprega partículas liberadas por distintos óleos essenciais para estimular áreas do cérebro humano e auxiliar pacientes no alívio da ansiedade, insônia, resfriados e asma.

A aromaterapia contribui também para uma melhora geral do bem-estar e no fortalecimento do sistema imunológico.

É importante ressaltar que mesmo que esse tipo de terapia utilize produtos naturais, é recomendado buscar a orientação de naturopatas, homeopatas ou outros profissionais especializados, para identificar qual o óleo essencial ideal para o tratamento de cada caso.

Existem diferentes formas de utilizar os óleos essenciais e as mais comuns são:

  • inalações;
  • aromatizadores;
  • sprays;
  • evaporação;
  • banhos;
  • vaporização;
  • massagem.

É fundamental sempre utilizar óleos essenciais biológicos certificados, a fim de impedir a inalação de pesticidas e compostos químicos que podem prejudicar o organismo.

Cuidar da saúde física e mental deve ser uma prioridade, sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *